sábado, 6 de novembro de 2010

Afugentando o Sono

Sono que ataca pela noite
Me fazendo sonhar acordada
Te imaginar nos meus braços
Pedir-te um abraço


Me deito ao teu lado
Me deleito com teus olhos
Teu sorriso meloso
E tua vergonha encantadora


Me apaixono mais a cada minuto
Tento te roubar por um segundo
Ser minha por horas do mundo


Um dia te terei só minha
Pra te amar, me deliciar
Com teu carinho, com teu gozar






Lívia Otero - 30.10.10

0 comentários: