sábado, 6 de dezembro de 2008

Velha, eu?

Em primeiro lugar vamos explicar o porque do nome. Dizem que manga com leite faz mal, que não se deve misturar os dois... Pois bem, eu o farei. A parte mais legal disso tudo é que estarei quebrando este lendário tabu. Aqui terão as misturas mais improváveis e perigosas já lidas. Críticas, dicas, downloads, um blog exatamente como sua dona, eclético! Espero que apreciem meus textos e posts.

Bom, para abrir meu blog vem um texto antigo meu, escrevi já tem um tempo. Na verdade ele já está na rede, através do meu fotolog, que no momento está abandonado. Quem quiser visitar o endereço é: http://www.fotolog.com/estebinha
Segue o texto:

Quem diria q um dia a bruxaria e o protestantismo iriam estar juntos, de forma a de tornarem um único ser. E servindo como plano de fundo dos dois, A Lua. Ela q conspirava por essa união, chegou até a sorrir! As grandes mentes entenderam essa ligação eterna, já as pequenas nunca irão aceitar essa união de religiões tão distintas, mas q possuem mesma origem e, possivelmente, terão um reecontro no final do universo, onde somos meras partículas em a esse tão gigantesco cosmos perfeito e imenso, onde quem domina o corpo é a mente e os únicos q se deixam dominar são os animais irracionais (já dizia um amigo meu ^^). Mas alguém aqui recorda-se da sensação de "sentir-se velha"? (isso soou estranho, não? uheauheuaheaa) Bem, posso dizer q fui de um extremo ao outro nesse findi... Se tratando de tempo sim (ponto) Há dois dias eu me achava velha. Pq? Pq tinha trocado minhas festas e 15 anos por casamentos (caaaaara, isso foi chocante, por isso q eu bato tanto nessa tecla =PP), mas na madrugada de domingo me senti como a adolescente q ainda sou ^^ Uma mulher q quer voltar a ser menina, q sabe q já passou por uma das melhores fases da vida, alguém q tem maturidade pra saber isso, mas não pra aceitar... Mto menos compreender(ponto) Como me senti/sinto? Eufôrica, histérica, como quem alcançou o êxtase da felicidade profunda, sem nem ao menos conhecê-lo. Assim como q mente gera alegria o corpo gera prazer. Como eu sei? Me disseram e isso basta. Estranho se falar em prazer, assim como religião. São assuntos um tanto qnto delicados, explosivos, relativos... E eu mudo de assunto como quem pisca o olho, né? ^^ Mas eu sou assim... Mente aberta, sempre raciocinando, pensando no assunto do próximo min. Isso é um defeito meu(ponto) Mas eu gosto dele ^^ Okay, okay... Sometimes... The most of the times... =PPPCerto, certo, não vou mais me demorar aqui... Já passou da minha hora e de mtas outras pessoas tbm... É isso.


Não tem muito sentido, eu sei. Mas... Me serviu na hora. Foi desabafo de uma felicidade extrema, uma noite maravilhosa de duas pessoas completamente diferentes...
Bom, acho que já falei demais husahuasuhsa

Bom, aqui encerro meu primeiro post.

Té breve.

Lívia Otero