domingo, 14 de novembro de 2010

Perde aos poucos

E você me afasta sem saber
E você me perde sem querer
Não tens noção do quanto dói
Não tens noção do quanto choro


Mentira, eu nem choro
Mentira, choro por dentro
Machuca o coração
Afasta o bom senso


Se tiver que ser, será
Conto os dias, as horas
E passo os dias a pensar


Espero que não demore
Porque o tempo acaba
Antes que você se cure






Lívia Otero - 11.11.10 às 11:11 pm

3 comentários:

O Trovador disse...

Nada como um coração ferido...

Vitor disse...

Perfeito o jeito que você coloca as palavras e os sentimentos! Quando poder um dia escrever como você.

Vitor disse...

Me passa seu msn ?