domingo, 11 de julho de 2010

Te Queria

Teu beijo
Teu cheiro
Teu sabor
Ah, que amor

O amor, aquele que é teu
O sabor, aquele que é meu
Inteira, pela metade
Te quero por completo

Que delícia me deleitar
Saborear
Chego a me lambuzar

Estico os braços
Mas você não está lá
Basta... Sonhar?


Lívia Otero - 11/7/10

2 comentários:

Dislexia Espiritual disse...

Suave e intenso ao mesmo tempo.
Isso é poesia.

Lívia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.