domingo, 29 de agosto de 2010

A Menina Triste

Esta é a história de uma menina
Que chorou um rio e inundou o mundo
E que parecia tão triste nas fotografias
Mas absolutamente adorável quando sorria

Ela achava que tinha um coração de pedra
Por mais que tentasse ela não conseguia
Entender o que nela repousava
Lhe faltava um poudo de alegria

Não gostava do que no espelho via
Se sentia só, mesmo quando acompanhada
Triste, sentia-se chateada
Sua solidão transparecia

E a alegria?
Esta ficava guardada com o coração
Onde lá também se mantinha
Aquela, que um dia, chamou de alma



Lívia Otero 16/5/07

1 comentários:

Naty disse...

Lívia,tem selinho pra tu no meu blog!
Bjus