segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Não é um Adeus

Por você, eu largaria minha vida, eu te faria feliz, eu te daria a minha
Eu esqueceria de tudo pra trás, começaria do zero, só pra estar com você
Por você, eu abriria mão de tudo que conquistei, de tudo que um dia desejei
Eu faria loucuras que ninguém mais seria capaz, pra ter o teu carinho, o teu amor


Por você, eu faria serenata no meio da Paulista, pintaria um eu te amo no asfalto e seria presa por isso
Eu não sentiria fome, sede, sono ou medo, viveria de amor com você sob o mesmo teto
Por você, eu abriria mão da minha felicidade, te daria o céu e ficaria com a saudade
Eu enfrentaria o mundo, te daria um pouco de tudo, te faria um ser único


Eu achei que seria pra sempre, sou até otimista nesse ponto, otimista demais até. Ou seria sonhadora? Costumo passar mais tempo nas nuvens do que aqui neste mundo terreno, nas nuvens do seu avatar, com o sol ao fundo. O pra sempre não existe, o ontem era o que eu mais queria apagar da minha vida e o amanhã era com você que eu queria estar. Sempre disse que não me arrependo de nada, apenas do que não fiz, mas mudaria meu final de semana inteiro, se isso te trouxesse de volta, se eu pudesse ser sua por mais algum tempo e principalmente, se eu soubesse que uma batida de asa de borboleta fosse desencadear tudo isso teria ido tomar aquele caldinho... O número ímpar é meu maior desejo no momento, mas não a unidade. Queria poder ter sido mais racional, mas sou humana e sofro as consequências disso. "Me vejo errando, isso não é pecado, exceto quando faz outra pessoa sangrar, me vejo sonhando e isso da medo, perdida num mundo que dá pra entrar". Acho que não existe melhor música. Você fazia planos para o futuro, mas esse futuro era pra unidades separadas e eu não estava inclusa, nem estarei, talvez nunca esteja, infelizmente.


Eu te garanto que ninguém vai te amar como eu te amei, como eu te queria, como eu te desejei, como eu gostei de você. Fostes meu motivo de alegria, minha respiração, minha transpiração e inspiração, meu amor, meu coração, minha alma e até minha vida.


Eu te amo.




Lívia Otero 17.1.11

1 comentários:

Fernanda disse...

Muito bom mesmo... Na verdade é LINDO, inspirador, apaixonado. Achei tão sereno, e ao mesmo tempo desesperado. Muito bom mesmo! Vou ler o blog todo =)