quinta-feira, 10 de março de 2011

Dispostos que Distraem

Ha o um e ha o outro
Ambos fortes e intensos
O um é eterno, como o tempo
O outro é momentâneo, como o respirar


O um é divino, como o prazer
O outro também é como o prazer
Mas não é divino


Ora, mas são os mesmo?
Não, jamais serão
Jamais se igualarão


Podem ser sentidos em uma única pessoa
E até mesmo por uma única pessoa
A diferença é que o outro é passageiro
Já o um, é piloto 


Desejamos sempre o um
Mas o outro é mais fácil de conseguir
Ou achamos ser mais fácil


São verdadeiros, não deixam de existir
Se completam, se aceleram
E como diria o poeta
"Não haveria luz se não, fosse a escuridão"




Lívia Otero 10.3.11 00:40

0 comentários: