quinta-feira, 17 de março de 2011

O Cheiro

Preferes fechar os olhos e se ausentar
Diantes dos problemas, você finge escutar
Não se importa, nem se quer se preocupa
Segue a vida sem pensar


Não se asemelha à nenhuma outra
Foi meu mundo, meu tudo
Preferiu negar, deixar pra lá
E decepciona, não alcança


Queria poder mudar
Não à mim, mas você
E sem querer, fui deixar


Às vezes, não, muitas vezes pensei... Ainda penso
Passo horas acordada
Com aquele cheiro, que me incomodava




Lívia Otero - 17.3.11

0 comentários: