domingo, 7 de março de 2010

7 cores

Brilha, reluz, cintila
Aos meus olhos me diz:
"Venha, chegue perto"

Não toco, ele corre
Me deseja, eu sei
Eu também, ele sabe

Porque chamas se és intocável?
Nenhum ser humano se quer chegou perto

Um dia irei atrás de ti
Não pelo pote de ouro
Minha recompensa será maior
Maior do que até eu mesma imagino



Lívia Otero (6/3/10)

0 comentários: